Controlar Diabetes?

Controlar Diabetes?
5 (100%) 16 votes

A verdade alarmante é que a diabetes é uma epidemia crescente, até mais do que qualquer outra doença conhecida ao longo da história. Especificamente a Diabetes tipo 2, que está aumentando em números alarmantes e você está prestes a descobrir por que isso está acontecendo e o que você pode fazer para o Controle a Diabetes .

 

O que você está prestes a saber é que a maneira com que a diabetes tipo 2 está sendo tratada fez com que ela tenha se tornado uma empresa rentável. A “indústria da Diabetes” tem faturado bilhões de dólares todos os anos. A cada vez que mais pessoas sejam acometidas pela Diabetes tipo 2, mais medicamentos para o tratamento desse agravo serão prescritos. Embora as indústrias farmacêuticas estejam ficando cada vez mais ricas, mais doentes as pessoas estão ficando. Além disso, as pessoas estão sendo mais diagnosticadas com essa doença do que com qualquer outra doença infecto-contagiosa.

 

Se fizermos uma pesquisa dentre as causas de internação hospitalar poderemos verificar que as maiores causas são provenientes de doenças crônicas que poderiam ser tratadas e cuidadas nas Unidades Básicas de Saúde. São causas que poderiam ter sido prevenidas se houvesse um acompanhamento adequado e melhor ainda, se houvesse uma cultura de prevenção e auto cuidado por parte das pessoas. Não no cuidado de tomar medicamentos por conta própria, mas cuidado no sentido de tomar atitudes que sejam saudáveis para o próprio organismo e controle a diabetes.

 

A maneira com que a Diabetes Tipo 2 está sendo tratada pela medicina tradicional está transformando-a numa condição muito pior do que a própria doença. Isso ocorre porque os medicamentos que são prescritos, em vez de aliviar a doença, por vezes, agrava sua condição levando a pessoa a outros sintomas, que necessitarão de outro medicamento, levando assim a pessoa a cada vez mais precisar de outro e outro e outro medicamento, cada um para aliviar os sintomas que outro ocasiona.

 

Uma boa notícia é que é possível você recuperar sua saúde e evitar riscos e complicações e evitar os riscos e complicações que tratamentos mantem e fazem você ficar doente.

 

Como falamos, a diabetes é um agravo em franco crescimento com milhares de casos diagnosticados nos últimos anos no Brasil e com milhões de pessoas que sofrem desse mal no mundo todo. Será que é interesse para as indústrias farmacêuticas perderem todos esses “clientes”?

 

Os fatores de risco para contrair essa doença incluem ter 20% ou mais do peso corporal do que o recomendado, levando em consideração seu sexo, sua idade e sua altura.  Pesquisa  aponta que 75% dos brasileiros que tem essa doença estão acima do peso.

 

No Brasil cerca de dez milhões de pessoas convivem com a diabetes, sendo que dessas, 10% são Diabetes tipo 1 e 90% são diabetes do tipo 2.  A diabetes tipo 1 é diagnosticada durante a infância com um transtorno de pâncreas, embora, por vezes, adolescentes ou adultos também poderão desenvolver a diabetes tipo 1. Isso acontece quando o organismo não produz insulina suficiente para seu corpo. Devido a isso, injeções regulares de insulina tornam-se necessárias ao longo da vida.

controle a diabetes

Como você pode ver, a Diabetes tipo 1 é muito menos comum, enquanto a Diabetes tipo 2 o aumento é alarmante, afetando adultos e crianças. No passado, pensava-se que essa condição afetava apenas os adultos, porém atualmente com a mudança de hábitos tanto alimentares como físicos, vem se tornando mais predominante na idade adolescente. Na última década, vários estudos apontam que crianças a partir de 8 ou 9 anos de idade estão sendo diagnosticadas com sintomas de pré-diabetes.

 

Enquanto milhões de dólares em pesquisas continuam a ser gastos todos os anos, não se é capaz de identificar a causa exata da Diabetes tipo 2, nada específico foi confirmado. Um dos fatores de relação, porém, é a obesidade.

 

Pessoas com diabetes tipo 1 não conseguem produzir, naturalmente, insulina suficiente para seu organismo, enquanto as pessoas com diabetes tipo 2 fazem essa produção em abundância.  Entretanto, muita gordura corporal impede que a insulina seja produzida da maneira necessária e assim o pâncreas torna-se sobrecarregado, uma vez que continua a produzir insulina cada vez mais para tentar fornecer ao corpo a quantidade necessária.

Devido ao grande esforço do pâncreas em produzir insulina, faz com que ele fique sobrecarregado e consequentemente, esgotado.

 

Controle a Diabetes, Veja Aqui

 

Por alguma razão, que as pesquisas não conseguiram identificar, as células do corpo tornam-se resistentes aos efeitos da insulina em pessoas com Diabetes tipo 2. Enquanto essa razão permanece desconhecida, o que se sabe é que o sobrepeso e a obesidade pode levar as pessoas a riscos de doenças cardiovasculares, tais como doenças cardíacas.

 

Uma teoria popular que uma elevada porcentagem dos pesquisadores acredita, é que a causa da resistência à insulina é devido à inflamação de baixo grau de células que proíbe a aceitação de insulina. Esta inflamação é ocasionada pela obesidade.

 

Quando as células rejeitam a insulina, ela não pode seguir seu curso normal que seria ir para o fígado e músculos. Isso também irá inibir a glicose de seguir para onde é necessário para o corpo funcionar corretamente. Então quando isso acontece, a glicose permanece na corrente sanguínea. Esta é uma das causas do alto teor de açúcar no sangue em pessoas que sofrem de diabetes tipo 2.

 

Algumas vezes, as pessoas poderão ter sintomas de diabetes tipo 2, sem realmente tê-la desenvolvido ainda. Isso é considerado sintomas pré-diabéticos. Dentre esses sintomas estão: elevação do teor de açúcar no sangue, cansaço frequente, urinar com frequência, sentir muita sede a maior parte do tempo, irritabilidade, visão embaçada, cicatrização mais lenta do que o normal, infecções no trato geniturinário, sentir formigamento nas mãos e nos pés. Se você está tendo alguns ou todos esses sintomas, está acima do peso e/ou se tem histórico familiar de Diabetes tipo 2, você pode estar em risco de desenvolver essa doença.

 

Outros fatores que colocam você em risco para desenvolver Diabetes tipo 2 é se, além de estar acima do peso, você se exercita menos que três vezes por semana ou se tem uma vida extremamente sedentária, se tiver mais de 45 anos de idade, se estiver com a pressão arterial elevada e se estiver com o seu colesterol total igual ou acima de 240 mg/dl, nesse caso será considerado que você está com colesterol elevado.

 

Obviamente, alguns fatores que colocam em risco para diabetes tipo 2 são impossíveis de evitar, como estando com mais de 45 anos de idade. No entanto, alguns outros fatores podem ser alterados, tais como a perda de peso ou alterar a sua dieta.

 

Em busca de um estilo de vida saudável e Controle a Diabetes

Controle a Diabetes

Muito do que você deve saber como evitar os fatores de risco ou Controle a Diabetes tipo 2, resume-se a um estilo de vida mais saudável, isto inclui sugestões de como “comer certo” e a “prática de exercícios físicos”

 

Engana-se você se pensa que para essa mudança, será necessário muito tempo e dinheiro. Tudo é uma questão de mudança de hábitos e atitudes para ter uma vida plena e saudável.  Você ficará surpreso o quão fácil é, ao descobrir os passos que você deve seguir a fim de reduzir os seus riscos ou até mesmo em reduzir a sua condição de diabético e não ficar eternamente escravo de medicamentos.

 

Sabendo como reduzir os fatores de risco ou controle a diabetes tipo 2, você terá tudo ao seu alcance para fazê-lo, é só querer. Acompanhe nossas próximas postagens que iremos orientá-lo a ficar livre dessa condição.

 

Controle a Diabetes clique aqui

 

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.