Controlar Diabetes? Sono adequado é um fator chave

Controlar Diabetes? Sono adequado é um fator chave
Rate this post

Eventos estressantes (como insônia), comer em excesso, alta dosagem de açúcar no sangue, sede excessiva e micção frequente. Será que isso soa familiar?

Muitos que tem diabetes descrevem esse “ciclo vicioso”. Por exemplo, alta taxa de glicose no sangue causa sede excessiva e, como consequência, micção frequente que poderá fazê-lo levantar várias vezes durante à noite e assim mantê-lo acordado ou com um sono agitado. Quando você não dorme bem, você tende a comer mais, o que vai leva-lo ao ganho de peso.

 

Pesquisas descobriram que o sono insuficiente está associado ao aumento do risco para o desenvolvimento de diabetes do Tipo 2.  Especificamente, a duração e qualidade do sono emergiram como preditores de níveis de hemoglobina A1c, um marcador importante de controle de açúcar no sangue.

 

Uma pesquisa recente sugere que a otimização da duração e qualidade do sono pode ser um meio importante de melhorar o controle de açúcar no sangue em pessoas com diabetes tipo 2.

 

Os especialistas recomendam que a maioria dos adultos devam ter sete a oito horas de sono por dia, porém a necessidade do sono varia de acordo com os indivíduos. Se você depender de um despertador para acordar, fica irritado ou esquecido e necessita de cafeína para deixa-lo alerta no correr do dia, provavelmente você está sendo provado de uma boa noite de sono.

 

Algumas dicas para dormir melhor

 

A Fundação Nacional do Sono dos Estados Unidos, recomenda o seguinte:

 

Vá para a cama no mesmo horário toda noite e levante-se, também, no mesmo horário na manhã seguinte.

Verifique se o seu quarto é um ambiente silencioso, escuro e relaxante, que não e que tenha uma boa temperatura, ou seja, nem muito quente e nem muito frio.

Certifique-se que sua cama seja confortável e use-a apenas para dormir e não para outras atividades, como ler, assistir TV ou ouvir música. Preferencialmente, evite ter TV e/ou computador no seu quarto.

Evite fazer grandes refeições antes de deitar.

Como você sabe, o excesso de peso ou obesidade é um fator de risco para diabetes tipo 2, mas também é um fator de risco para a apnéia do sono. Apnéia do sono é um distúrbio do sono caracterizado por ronco alto e pausas na respiração enquanto você dorme.

 

Existem tratamentos eficazes para apnéia do sono. Se você (ou uma pessoa próxima a você), suspeitar que possa ter apnéia do sono, fale com um médico.

 

Voltar para Página Inicial Clique Aqui

Controlar a Diabetes sem medicamentos Clique aqui

 

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.